COMO O ESTRABISMO É MEDIDO?

agosto 16, 2017

O desalinhamento do olho ou o estrabismo podem ser medidos por vários métodos diferentes. As medidas ajudam a orientar o manejo clinico e cirúrgico do estrabismo. A idade, a visão e o nível de cooperação do paciente determinam qual método é mais preciso e viável.

Entre os testes, estão o Teste de Hirschberg, Teste de Krimsky e o Teste de Cobertura com prismas.

No Teste de Hirshberg orientamos o paciente a olhar um ponto de luz a determinada distância. Se os reflexos da luz estão localizados no mesmo local de cada pupila, os reflexos são simétricos e os olhos estão retos. Se os reflexos da luz caem assimetricamente nas pupilas, é sinal de estrabismo.

No Teste de Krimsky seguramos um prisma sobre um olho para centrar o reflexo de luz desviada, até que os reflexos sejam simétricos. A quantidade do prisma necessário para centralizar o reflexo de luz desviada estima o tamanho do desalinhamento do olho.

E já no Teste de Cobertura com prismas, o paciente é instruído a olhar para um alvo. Enquanto o paciente está fixando no alvo, um olho está coberto. O olho descoberto é observado. Se o olho descoberto estiver bem alinhado, ele não se deslocará.Colocando-se os prismas na frente do olho descoberto e observando sua movimentação, estima-se o valor do desvio.

Pareceu confuso? 🤔

Para crianças pequenas o Teste de Hirshberg é muito bem indicado, apesar de ser o menos preciso. Pois as crianças nem sempre colaboram para olhar para um ponto fixo na distância.

Muitas vezes os pais pensam que o médico fez um exame apenas com uma “luzinha”, mas não imaginam quantas informações importantes se pode tirar deste teste!

Converse com seu oftalmopediatra!

Deixe um comentário
TRANSPLANTE DE CÓRNEA EM CRIANÇAS.DOR DE CABEÇA NAS CRIANÇAS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *