DIPLOPIA

outubro 09, 2017

A diplopia – ou visão dupla- pode ocorrer decorrente de várias causas. A Diplopia binocular, aquela que ocorre com os dois olhos abertos e que desaparece quando um dos olhos é ocluído é decorrente de desalinhamento dos olhos, ou estrabismo.

 

Ela pode ser:

Diplopia horizontal: quando a imagem dupla se forma ao lado da outra.

Diplopia vertical: as imagens formam-se uma em cima e outra embaixo.

 

É necessário realizar uma avaliação com oftalmologista em caráter de urgência se a diplopia surgir de repente. Diversas doenças neurológicas podem causar diplopia e por isso o oftalmologista deve fazer um exame completo e se necessário solicitar exames de imagem, como ressonância ou tomografia de crânio. Algumas causas de diplopia que devem ter diagnóstico rápido e preciso são: acidente vascular cerebral, tumores, hipertensão intracraniana e trauma crânio-encefálico.

Outra causa muito comum em adultos é a paralisia do VI nervo, que pode ocorrer associado à hipertensão arterial sistêmica ou diabetes. Neste caso o tratamento pode ser esperar, realizar aplicação de toxina botulínica ou realizar cirurgia.

Quando existe um desvio pequeno e que não apresenta indicação cirúrgica, podem ser usadas lentes prismáticas em óculos para aliviar a diplopia e devolver qualidade de vida ao paciente.

 

A vida com diplopia causa extremo desconforto e a causa deve ser procurada e tratada. Procure sempre um oftalmologista.

Deixe um comentário
DIA MUNDIAL DA PARALISIA CEREBRALDICAS DE OCLUSÃO PARA OS PAIS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *