Estrabismo

DRA. LUISA MOREIRA HOPKER
  • NA CRIANÇA

    Existem muitos tipos de estrabismo na criança e os desvios oculares podem aparecer em diversas fases do desenvolvimento infantil. O estrabismo pode ser tratado com óculos, tampão, cirurgia ou toxina botulínica, a depender do tipo, idade, associação com outras doenças e erros de refração (grau).

    Alguns tipos de Estrabismo, como o desvio convergente congênito, deve ser operado precocemente, idealmente antes dos 18-24 meses de idade. Desvios intermitentes divergentes, aqueles que ocorrem para fora quando a criança está cansada também podem se beneficiar do tratamento cirúrgico. A melhor idade a realizar a correção vai depender do tamanho do desvio e de sua freqüência.

    Para os pequenos, a técnica cirúrgica minimamente invasiva, que também é chamada de cirurgia com incisão FÓRNICE, oferece maior conforto e menos pontos, com menor inflamação no pós-operatório. É a técnica preferida entre os cirurgiões de Estrabismo dos EUA.

  • NO ADULTO

    Na idade adulta o estrabismo pode ocorrer por baixa visão em um dos olhos, trauma, doença de Graves, acidente vascular cerebral, entre outros. Pode também ocorrer por um Estrabismo que iniciou na infância, com ou sem tratamento prévio.

    Ao contrário do que muitos pensam, o estrabismo no adulto pode ser tratado com ótimos resultados. Na maior parte dos casos é indicada a cirurgia de correção, que pode ser realizada em qualquer idade. Estudos recentes mostram que adultos submetidos à cirurgia de correção do estrabismo apresentam melhora significativa da qualidade de vida, além da melhora estética. Pacientes que foram submetidos à cirurgia de Estrabismo no passado e que apresentam recidiva do desvio, na sua maioria, também podem ser operados, após devida avaliação.

    Oferecemos diferentes técnicas cirúrgicas apropriadas para cada caso, entre elas a Minimamente invasiva, que permite recuperação rápida e menor desconforto e a Ajustável que permite ajustar o resultado durante o ato cirúrgico.

  • O que é o Estrabismo?

    Um Estrabismo é definido como uma condição de desalinhamento dos olhos. Existem vários tipos de estrabismo como o convergente (para dentro), divergente (para fora) e vertical (quando um dos olhos está para cima ou para baixo). O desvio pode ainda ocorrer sempre (constante) ou de vez em quando (intermitente).

    O que causa o Estrabismo?

    Vários fatores podem causar Estrabismo. Na maioria dos casos ocorre devido ao controle neuromuscular do movimento dos olhos. Pode ainda ocorrer devido à trauma craniano, tumores, aneurisma, visão ruim em um dos olhos, diferença de grau entre os olhos e graus elevados de hipermetropia ou miopia.

  • Tipos de tratamento para o Estrabismo

    O objetivo do tratamento do estrabismo, principalmente quando há boa visão nos dois olhos, é melhorar o alinhamento dos olhos para que eles possam funcionar juntos (visão binocular). O tratamento pode ocorrer com óculos, exercícios, cirurgia ou injeção de toxina botulínica.

    O tipo de tratamento depende da idade do paciente e da causa do Estrabismo.

  • Você tem Estrabismo? Agende agora sua consulta

  • O tratamento pode incluir óculos, uso de tampão, exercícios, uso de toxina botulínica ou cirurgia.
    Oferecemos uma técnica cirúrgica menos invasiva, com uma incisão menor que a tradicional e que utiliza menos pontos. Nossa técnica foi desenvolvida nos Estados Unidos e tem como vantagens: oferecer uma recuperação mais rápida, menos inflamação e maior conforto no pós operatório para crianças e adultos.

    — Dra. Luisa Moreira Hopker