SÍNDROME DE IRLEN

junho 23, 2017

Você já ouviu falar desta síndrome? Alguns profissionais defendem que ela ocorre por um desequilíbrio que afeta a capacidade de se adaptar à luz e altera a percepção visual, podendo causar problemas na leitura.

Mas não existem estudos bem delineados que provem que ela existe efetivamente e que possa ser tratada com o uso de lentes e filtros coloridos. Este tratamento não é reconhecido pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e, além disso, a Associação Americana de Oftalmologia (AAO) lançou um documento que recomenda o tratamento multidisciplinar da dislexia e problemas de aprendizagem e, inclusive, reforçou a falta de estudos comprovando a eficácia de terapias visuais e uso de filtros.

A recomendação é consultar um oftalmologista para avaliar se há problemas de grau, estrabismo, fotofobia de causas orgânicas, para chegar ao tratamento adequado das patologias oftalmológicas.

E para o tratamento dos transtornos de aprendizagem é necessária uma abordagem multidisciplinar com neurologistas, psiquiatras, psicólogos e pedagogos.
São problemas complexos que não apresentam soluções fáceis.

A dica é: não acredite em tudo que sai na internet. Na dúvida, consulte um oftalmopediatra.

Deixe um comentário
NISTAGMOSEGUNDA CIRURGIA DE ESTRABISMO
All comments (18)
  • Raquel Marques
    junho 29, 2017 at 00:23

    A dica é pesquise mais! Existem sim muitos estudos comprovando que a Síndrome de Irlen existe sim! Muitas pessoas e principalmente crianças estão […] Read MoreA dica é pesquise mais! Existem sim muitos estudos comprovando que a Síndrome de Irlen existe sim! Muitas pessoas e principalmente crianças estão sendo beneficiadas com o uso dos filtros. Tenho a prova disso dentro da minha casa. http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/SAUDE/536275-MINISTERIO-VAI-AVALIAR-A-INCLUSAO-NO-SUS-DE-TECNICAS-QUE-CORRIJAM-A-SINDROME-DE-IRLEN.html Read Less

    Reply
    • Dra Luisa Hopker
      @Raquel Marques
      agosto 07, 2017 at 22:50

      Raquel, entendemos que varios pacientes procuram profissionais que acreditam na Síndrome de Irlem e até mesmo realizaram tratamentos com lentes ou overlays, porém o CRM […] Read MoreRaquel, entendemos que varios pacientes procuram profissionais que acreditam na Síndrome de Irlem e até mesmo realizaram tratamentos com lentes ou overlays, porém o CRM já publicou um parecer contrario à Síndrome e manteve sua posição na ultima discussão com o Ministério da saúde. Nós como médicos devemos realizar a medicina baseada em evidencia e chancelada pelo CRM. Abs Read Less

      Reply
    • Fabiana Guedes Barcelos Silveira Leite
      @Dra Luisa Hopker
      outubro 22, 2017 at 21:03

      Oi, Dra. Luisa! Entendo a sua preocupação, por isso vou fazer algumas considerações. 1) Não há nenhum documento do CFM (Conselho Federal de Medicina) negando […] Read MoreOi, Dra. Luisa! Entendo a sua preocupação, por isso vou fazer algumas considerações. 1) Não há nenhum documento do CFM (Conselho Federal de Medicina) negando a existência da Síndrome de Irlen (SI). O parecer emitido em 2014 foi específico sobre a prescrição das lentes espectrais. Ele relataram que as evidência sobre os filtros dos óculos eram insuficientes para que essa instituição referendasse sua prescrição. Em audiência pública, realizada em Brasília (DF), no dia 13 de junho de 2017, o relator do CFM no parecer de 2014, Dr. Fernando Vinagre disse que a discussão deverá ser reaberta no Conselho. Aqui está o link da fala do Conselheiro https://www.youtube.com/watch?v=l_rwQbHwrYg&feature=youtu.be&t=3952. Dá pra conferir a audiência na íntegra também. 2) a SI é o nome que foi dado para a alteração na via magnocelular e isso já está bem documentado na literatura. 3) Gostaria também de concordar com você sobre a necessidade da consulta oftalmológica e da avaliação ortóptica. Porém, apesar de alguns sintomas de SI e de alteração na coordenação binocular serem semelhantes, as dificuldades ortópticas não melhoram com a sobreposição da overlay durante o teste de SI, porque não são causadas pela dificuldade em processar determinados comprimentos de onda da luz, mas sim por problemas relacionados a musculatura ocular (por isso a necessidade dos exercícios). Portanto, é necessário que a pessoa faça o teste de Irlen, não sendo suficiente responder questionário sobre os sintomas. É aconselhável que os pacientes sejam encaminhados sempre para avaliação ortóptica porque podem ter os dois problemas e, portanto, só melhorarão quando ambos forem tratados. Em relação à equipe multidisciplinar, também concordamos! As dificuldades podem ser muito maiores que apenas SI. Para uma pessoa ser um bom leitor, é preciso tratar todas as alterações (processamento auditivo, visão binocular perturbada, Síndrome de Irlen, Dislexia etc) porque qualquer alteração não tratada segurará o progresso nos outros tratamento. Como SI é uma disfunção de processamento visual que tem impacto na visão funcional, o paciente deveria ser encaminhado para correção mesmo que outra comorbidade não permitisse que ele fosse um bom leitor. A SI é muito mais complexa do que é tratada e afeta muito mais do que a leitura. Estamos evoluindo muito nas pesquisas e na compreensão dessa disfunção! Junte-se a nós nesses estudos! Read Less

      Reply
    • Fabiana, Entendo seu questionamento. O parecer do CFM segue no link: http://www.portalmedico.org.br/pareceres/CFM/2014/21_2014.pdf Na conclusao é bem claro que a existência do diagnostico da Sindrome de Irlen é […] Read MoreFabiana, Entendo seu questionamento. O parecer do CFM segue no link: http://www.portalmedico.org.br/pareceres/CFM/2014/21_2014.pdf Na conclusao é bem claro que a existência do diagnostico da Sindrome de Irlen é controversa. Foram realizadas diversar discussoes nos congressos mais importantes da Oftalmologia e Oftalmopediatria dos quais participei como palestrante e coordenadora e foi consenso entre os especialistas que até o momento faltam evidencias cientificas que comprovem a existencia da Síndrome e seu tratamento. Ficarei no aguardo de novos trabalhos científicos bem delineados saírem ma literatura. Participei de todos os congressos importantes da área este ano e não tivemos nada de novo sendo apresentado. Read Less

      Reply
  • Marcia Dias
    outubro 23, 2017 at 09:26

    Cara doutora, a senhora já procurou conversar com algum portador adulto da deficiência na via magno celular conhecida como síndrome de Irlen? Acredito que você […] Read MoreCara doutora, a senhora já procurou conversar com algum portador adulto da deficiência na via magno celular conhecida como síndrome de Irlen? Acredito que você ficará bastante surpresa... E com algum portador adolescente, como meu filho de 15 anos? Pessoas que podem falar por si mesmas! Você verá que a SI não é um problema de aprendizagem, mas pode causar problemas de aprendizagem; também entenderá que bons leitores podem ter SI, infelizmente. Médicos, seus colegas, estão vindo para tratamento de desconfortos que sofreram a vida toda! Enfim, será que a tuberculose, por exemplo, não existia antes de ser bem caracterizada? Será que famílias retornariam anualmente para um tratamento muitas vezes distante de sua moradia se os resultados não fossem visíveis?! Sugiro que você pesquise mais, escute os pacientes, acompanhe os resultados. Não colabore para dificultar a luta que tantas famílias travam todos os dias! Lembre que muitas doenças e transtornos levaram anos para serem reconhecidos. Você já viu a pesquisa fantástica que está sendo feita na USP sobre as possíveis causas de distorções? E os resultados são emocionantes! Não fique de fora, acompanhe-nos! #irlenexistesim Read Less

    Reply
    • Luisa Moreira Hopker
      @Marcia Dias
      outubro 24, 2017 at 12:02

      Cara Marcia Nao dificultarei a melhora de nenhum paciente, de forma alguma. Mas realmente estou no aguardo de ver trabalhos na literatura mais robustos que mostrem […] Read MoreCara Marcia Nao dificultarei a melhora de nenhum paciente, de forma alguma. Mas realmente estou no aguardo de ver trabalhos na literatura mais robustos que mostrem a evidencia do tratamento. Read Less

      Reply
  • Silvia Casa Grande Macedo
    outubro 23, 2017 at 10:27

    Doutora, meu filho de dez anos foi diagnosticado com Síndrome de Irlen em julho e está fazendo uso dos óculos a dois meses e meio […] Read MoreDoutora, meu filho de dez anos foi diagnosticado com Síndrome de Irlen em julho e está fazendo uso dos óculos a dois meses e meio e teve uma melhora significativa em relação a leitura, escrita na fala e principalmente na alegria e interação com as pessoas. Ele faz acompanhamento com fono, psicoterapeuta, neurologista desde os 3 anos de idade. Fez tratamento do processamento auditivo, faz uso de medicação e só houve melhora depois do uso dos óculos. Disponibilizo à senhora todos os exames e laudos para sua análise se houver interesse. Nosso sofrimento é enorme e por anos não víamos uma perspectiva, portanto peço que a senhora veja o "outro lado" . #irlenexistesim Read Less

    Reply
    • Raquel Bagattini
      @Silvia Casa Grande Macedo
      outubro 23, 2017 at 18:00

      Dra Luisa, antes de julgar o tratamento, procure verificar os resultados. Uma observação, meu filho nunca teve nenhum problema de aprendizagem, aliás sempre […] Read MoreDra Luisa, antes de julgar o tratamento, procure verificar os resultados. Uma observação, meu filho nunca teve nenhum problema de aprendizagem, aliás sempre foi bom aluno. Se ele usa é por outro motivo e com recomendações de neurologista. Portanto, nunca fui atrás de internet. Read Less

      Reply
    • Prezada Silvia Fico feliz pelo seu filho, porem sigo as diretrizes das Sociedades Americana de Pediatria, Americana de Oftalmopediatria, Americana de Oftalmologia e Brasileira de Pediatria […] Read MorePrezada Silvia Fico feliz pelo seu filho, porem sigo as diretrizes das Sociedades Americana de Pediatria, Americana de Oftalmopediatria, Americana de Oftalmologia e Brasileira de Pediatria e Oftalmologia Pediatrica e por enquanto estamos aguardando ver trabalhos destes grupo que se propõem a diagnosticar e tratar a Síndrome. Read Less

      Reply
  • Ana Paula Federicci
    outubro 23, 2017 at 11:36

    Doutora tenho dois filhos com SI e também sou portadora de SI, meu filho mais velho foi diagnosticado ha 5 anos atras com tda e […] Read MoreDoutora tenho dois filhos com SI e também sou portadora de SI, meu filho mais velho foi diagnosticado ha 5 anos atras com tda e tomava ritalina ate este ano sem NUNCA ter tido o efeito esperado e sabe porque? Porque ele tem Sindrome de Irlen e não TDA, entao o remédio para ele nao fazia efeito e SI dele é SEVERÍSSIMA, alem de ter outras comorbidades como DPAC, alteração sensorial. Ele tem acompanhamento com fonoaudiologa, TO e fisioterapeuta. Apesar de ter sido diagnosticado erroneamente eu não saio falando que TDA/TDAH não existe e Ritalina nao serve para nada e não tem efeito. Pois para o meu filho so causou danos, mas para outros qdo diagnosticado corretamente podem surgir efeito. Portanto como ja disseram nos outros comentários que foram muito bem explicado por pessoas que realmente entendem do assunto, procurem os pacientes com Sindrome de Irlen, conversem com eles, pesquise mais ou melhor vá ate a America, converse com a Helen Irlen peça os filtros e faça sua própria pesquisa e tira a sua conclusao Enquanto isso não colabore para dificultar o que ja conquistamos e o que vamos conquistar ainda mais. Faca como muitos dos seus colegas Junte se a nos!!! Se irlen não existisse pode ter certeza que eu não voltaria anualmente para o tratamento! Quanto a comprovação cientifica, ja é fato que existe, mas se não tivesse, não preciso de comprovaçao nenhuma, pois tenho na minha própria casa. Quando tiver um tempo le os depoimentos no meu blog https://irlen.blog/depoimentos-completos-2/ #IrlenExisteSim Read Less

    Reply
    • Prezada Ana Paula Agradeço seu depoimento. Eu fui à America inúmeras vezes, fiz minha especialização lá e este ano estive no maior congresso de pesquisa em […] Read MorePrezada Ana Paula Agradeço seu depoimento. Eu fui à America inúmeras vezes, fiz minha especialização lá e este ano estive no maior congresso de pesquisa em Oftalmologia do mundo e infelizmente não vi nenhum trabalho a favor da Síndrome de Irlen lá. Seguem os links das principais associações e sociedades sobre a síndrome: http://pediatrics.aappublications.org/content/pediatrics/102/5/1217.full.pdf https://www.aao.org/clinical-statement/joint-statement-learning-disabilities-dyslexia-vis http://www.bmj.com/bmj/section-pdf/763087?path=/bmj/349/7972/Views_Reviews.full.pdf Read Less

      Reply
  • Monyca Magalhaes
    outubro 23, 2017 at 13:05

    Sabe Dra e Colega, fico com uma péssima impressão quando me deparo com colocações como a sua. O que eu percebo e isso precisei sentir […] Read MoreSabe Dra e Colega, fico com uma péssima impressão quando me deparo com colocações como a sua. O que eu percebo e isso precisei sentir na pele, ou melhor nos olhos, ou melhor ainda no cérebro, ou voce precisa de uma linguagem mais cientifica? Contra fatos não há argumentos, mas acho melhor voce como OFTALMOpediatrica marcar um curso, participar de um congresso para melhor esclarecer suas palavras em fontes públicas, como você assim o fez, me sinto na liberdade de colocar meu entendimento. Teorico nem vou perder meu tempo, sugiro uma melhor revisão do conteúdo. Dra Monyca Read Less

    Reply
    • Luisa Moreira Hopker
      @Monyca Magalhaes
      outubro 24, 2017 at 12:06

      Prezada Monyca Entendo seu questionamento. Seguem os links das sociedades (inclusive de pediatria) sobre a Síndrome. Faço parte da Diretoria da Sociedade Brasileira de Oftalmopediatria […] Read MorePrezada Monyca Entendo seu questionamento. Seguem os links das sociedades (inclusive de pediatria) sobre a Síndrome. Faço parte da Diretoria da Sociedade Brasileira de Oftalmopediatria e estamos abertos ao diálogo. Mas precisamos de trabalhos que mostrem os resultados do tratamento nos moldes da medicina baseada em evidencia atual. http://pediatrics.aappublications.org/content/pediatrics/102/5/1217.full.pdf https://www.aao.org/clinical-statement/joint-statement-learning-disabilities-dyslexia-vis http://www.bmj.com/bmj/section-pdf/763087?path=/bmj/349/7972/Views_Reviews.full.pdf Read Less

      Reply
    • Monyca Magalhaes Cruz
      @Luisa Moreira Hopker
      outubro 25, 2017 at 21:43

      Acho que nem precisamos expor mais nada, pois a Neuropsicologa já colocou de forma perfeita uma posição que concordo integralmente. Então desejo a você luz, […] Read MoreAcho que nem precisamos expor mais nada, pois a Neuropsicologa já colocou de forma perfeita uma posição que concordo integralmente. Então desejo a você luz, para usar sua linda profissão a serviço do bem, e questionar um pouco mais as regras que está inserida. Talvez voce se surpreenda. Eu sou portadora de SI e meu desempenho no trabalho melhorou em 80% em velocidade e compreensão , após iniciar as intervenções com os filtros. Digo e repito contra fatos não há argumentos, mesmo que temporariamente decretados por uma equipe ainda inconsciente sobre a real situação de uma população que sofre por essa falta de investimento na saude. Precisamos de pessoas mais lúcidas na administração dos Critérios de ajuda a humanidade. Sei que em algum momento uma profissional que chegou a cargos tão importantes como fez questão de colocar , terá um momento de reflexão positiva, honrando seu juramento mediante a Deus e aos homens. Boa noite Dra. Read Less

      Reply
    • Monyca
      @Monyca Magalhaes Cruz
      outubro 25, 2017 at 21:47

      A neuropsicologa que me refiro esta na resposta acima Fabisna Guedes. Que tenho como exemplo de dedicação e profissionalismo

      Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *