TOXOPLASMOSE CONGÊNITA

março 28, 2019

A toxoplasmose congênita é uma infecção causada por um parasita muito comum no sul do brasil. Pode ser adquirida através do consumo de alimentos mal lavados, carne mal cozida, água ou leite contaminados e é transmitida via transplacentária ao feto durante a gestação. No primeiro trimestre da gravidez, o risco da mãe passar ao feto é mais baixo. Mas, as repercussões no bebê são mais graves. Já no último trimestre a chance de passar para o neném é muito alta, e as sequelas são menores. No olho, a toxoplasmose causa uma inflamação e uma cicatriz chamada corioretinite. O maior problema é que essa cicatriz frequentemente se localiza nas áreas “nobres” do olho, podendo causar cegueira permanente. O exame para detectar toxoplasmose deve ser realizado durante a gestação, e caso seja positivo para infecção ativa, a mãe deve ser tratada ainda nesse período. O bebê deve ser avaliado por um oftalmologista logo nos primeiros dias de vida!

Deixe um comentário
Cuidados especiais com a visão no outono!ESTRABISMO EM ADULTOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *